Ir para o conteúdo

Normas de acesso e horário de visitas

O acompanhante constitui um importante contributo para o bem-estar e recuperação do doente, nomeadamente, no acompanhamento e participação nos cuidados, na responsabilização partilhada na preparação da alta e na continuidade de cuidados no domicílio.

As visitas hospitalares desempenham, também, uma relevante função no apoio psicológico e afetivo ao doente internado, consolidando a ligação entre o doente e a sua rede social.

Os acompanhantes e visitas inserem-se, assim, no processo de humanização dos cuidados de saúde e integram a componente assistencial, sendo um direito legalmente consagrado ao doente.

COVID19

Doentes internados no HDS com visitas de terça-feira a domingo

O HDS retoma a partir do dia 12 de janeiro, as visitas aos doentes internados, que estiveram temporariamente suspensas como medida preventiva devido à pandemia de Covid-19.

As visitas vão decorrer entre terça-feira a domingo, entre as 14:00h e as 19:00h e devem ser antecedidas de marcação prévia, devendo o contacto ser estabelecido para o Serviço de Informação e Relações Públicas (SIRP) através dos telefones 243 300 200 ou 926 223 573.

Tal como se verificava anteriormente, nos dias de visita é apenas permitida uma visita por doente internado, tendo cada visita a duração máxima de 30 minutos. Os únicos doentes que permanecem sem visitas em enfermarias são os doentes covid-19, salvo situações excecionais e devidamente justificadas.

As visitas estão sujeitas a horário fixo e pré-definido, consoante o quarto de internamento e a respetiva cama, sendo que para os doentes que ocupam o mesmo quarto, as visitas serão desfasadas no horário e não é permitido o acesso a outros pisos nem visitas a outros doentes, ainda que no mesmo piso.

Os visitantes devem apresentar-se 30 minutos antes do horário de visita e respeitar as regras de segurança recomendadas pela Direção-Geral da Saúde (DGS), nomeadamente a desinfeção das mãos, o distanciamento físico, o uso de máscara, a apresentação de certificado digital e resultado negativo de um teste de antigénio (TRAg), realizado até 48 horas antes, ou teste PCR, realizado até 72 horas antes da visita. É dispensada a apresentação de teste à Covid-19 com resultado negativo aos visitantes e acompanhantes de doentes internados que comprovem terem sido vacinados, há pelo menos 14 dias, com uma dose de reforço contra a Covid-19.